Atualize seu navegador!
Notícias

Feapaes-MG, por meio da Uniapae-MG, realiza o curso Apae: práticas e instrumentos de gestão para atender as legislações atuais

  • Curso de Gestão
  • Curso de Gestão
  • Curso de Gestão
  • Curso de Gestão
  • Curso de Gestão
  • Curso de Gestão
  • Curso de Gestão
  • Curso de Gestão
  • Curso de Gestão
  • Curso de Gestão
  • Curso de Gestão
  • Curso de Gestão
  • Curso de Gestão
  • Curso de Gestão
  • Curso de Gestão

A Federação das Apaes do Estado de Minas Gerais (Feapaes-MG), por meio de sua Unidade Mineira da Universidade Corporativa da Rede Apae (Uniapae-MG), realizou nos dias 28 e 29 de março, na Universidade Vale do Rio Doce (Unincor), em Pará de Minas, o curso Apae: práticas e instrumentos de gestão para atender as legislações atuais.

A abertura do evento ficou a cargo da coordenadora da Uniapae-MG, professora Maria do Carmo Menicucci, que destacou o objetivo de fazer com que os participantes conheçam e analisem os instrumentos de gestão e a legislação referente, visando sua aplicação no cotidiano da entidade.

Posteriormente o presidente da Feapaes-MG, Eduardo Barbosa, falou sobre o cenário político atual das políticas públicas e o papel das Apaes no novo contexto. Ele enfatizou que o Movimento Apaeano deve renovar, constantemente, as suas concepções para que as lutas iniciadas a 60 anos atrás não fiquem defasadas com relação às conquistas civis, políticas e sociais que o Brasil alcançou. “Acreditar integralmente na capacidade da pessoa com deficiência deve ser primeira razão de existência de uma Apae. Devemos substituir a visão de tutela por um processo atual que reconhece o nosso usuário como cidadão pleno, e defender os seus direitos”, disse.

Ainda no primeiro módulo, a Secretária Executiva e Procuradora Jurídica da Feapaes-MG, Maria Tereza Feldner falou da organização administrativa e jurídica da Apae, apresentando as esferas de atuação das Apaes.

Já na parte da tarde, a coordenadora de Ações Integrais e Integradas para o Desenvolvimento Humano da Pessoa com Deficiência Intelectual da Apae de Belo Horizonte, Patrícia Valadares, falou da organização dos programas de Assistência Social, enquanto o advogado, Daniel Fioravante, destacou o modo de como utilizar o Fundo Municipal de Assistência Social.

A superintendente da Apae de Belo Horizonte, Darci Fioravante, falou sobre a Organização dos Serviços de Saúde e reforçou as legislações; protocolo de avaliação multidimensional de deficiência intelectual; controle, avaliação e monitoramento e o processo das juntas reguladoras do Município.

O último dia de curso ficou a cargo das consultoras Técnicas da Feapaes-MG, Júnia Ângela e Lourdes Pontes, que destacaram a metodologia da Organização da Escola Especial da Apae. Já o coordenador de Gestão Estratégica da Apae-BH, Henrique Mendes destacou a importância dos processos da organização contábil e financeira.

Ao final das palestras foi montado uma mesa com as prioridades de gestão da Apae, no qual os cursistas tiveram a oportunidade de fazer perguntas aos palestrantes referentes as dúvidas que surgiram durante o curso.

O evento foi distribuído em cinco módulos: gestão, programas de assistência social, serviços de saúde, escola especial e organização contábil financeira. No total, foram inscritas aproximadamente 100 pessoas de 37 Apaes. O próximo curso irá acontecer em Varginha, nos dias 25 e 26 de abril.


Fonte: Federação das Apaes do Estado de Minas Gerais